O Grupo Volvo deu um importante passo para participar do “astronômico” mercado chinês de veículos comerciais. Dois anos após a assinatura do acordo de compra de 45% da montadora chinesa Dongfeng Commercial Vehicles Co. Ltd, em janeiro de 2013, a sueca finalmente assumiu o controle da sua parte. A transação girou em torno de 5,6 bilhões de coroas suecas, equivalente a aproximadamente R$ 2 bi, segundo o câmbio de 31/12/14.

O processo demandou várias aprovações dos órgãos reguladores, justificando esses dois anos de espera.  Com essa operação, a AB Volvo irá se tornar uma das maiores montadoras de caminhões médios e pesados do planeta.

“Esta aliança estratégica é um marco para a corporação e implica uma mudança fundamental nas oportunidades do Grupo Volvo no mercado de caminhões na China, que é o maior do mundo”, diz Olof Persson, presidente da Volvo e CEO. “Ao mesmo tempo, teremos a oportunidade de nos envolvermos com a expansão dos negócios internacionais da Dongfeng, beneficiando o nosso parceiro chinês”, informa.

Apesar do recente acordo, a Dongfeng não está sendo cogitada para ser a segunda marca da Volvo no mercado brasileiro. A Renault Trucks, montadora que também pertence ao Grupo Volvo, é a favorita.

Fonte: Transporte Online

Postado por: 4Truck | www.4truck.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.