Vamos trilhar neste artigo, o caminho da vida de um caminhoneiro e se você ainda não se decidiu se vai ser um caminhoneiro ou não, vem comigo!

Existem tantos méritos a cerca de ser caminhoneiro que em um artigo apenas não podemos tratar desse assunto. Já falamos aqui no blog sobre o inicio nessa carreira e você pode conferir esse artigo no link abaixo. Portanto decidi começar uma série de artigos chamada “Vida de caminhoneiro” e eu quero que você, leitor, seja o meu acompanhante de boleia nesse trajeto.

Iniciando na carreira de caminhoneiro – Dica do Homem do Baú #12

Como fica a família do caminhoneiro?

Não vou entrar em questão de porcentagens aqui, mas posso afirmar que mais da metade dos caminhoneiros do Brasil são chefes de família; são maridos, pais e avôs que cuidam de uma família inteira e como você já deve saber, a profissão exige que esse homem fique muito tempo fora de casa.

Esse tempo varia de acordo com as entregas que esse caminhoneiro vai fazer, então existem caminhoneiros que devido a distancia e valor, vão ficar cerca de 3 semanas fora de casa. O conforto desse profissional é saber que o valor que ele vai trazer de volta vai valer muito a pena! Não se assuste com isso, porque também existem caminhoneiros que saem de casa na segunda de manhã e volta na sexta à noite e tem o final de semana livre para a família.

Colegas de trabalho

Muitos caminhoneiros, com alta demanda, optam por ter um colega na boleia para continuar viagem enquanto dorme em revezamento. No entanto alguns caminhoneiros encontraram uma solução para a saudade da família que é levar a esposa junto, ou seja, sua companheira de vida, se torna a sua companheira de trabalho.

Fora essa vantagem, o lucro é ainda maior, porque as contas vão pagar a mesma casa. Obviamente que essa é uma opção mais favorável para casais que não tem filhos. Mesmo assim, existem casais que não se separam no trabalho e dão algum jeito de cuidar das crianças.

Um Trabalho que não parece trabalho

A maior vantagem de ser caminhoneiro, com certeza é o fato de não pensar o tempo todo que está trabalhando. Muitos caminhoneiros escolhem essa carreira porque tem gosto por direção, por liberdade e por viagens.

Certa vez, um filosofo chinês disse: “Escolha um trabalho que você ame e não terá de trabalhar um único dia de sua vida.” Esse filosofo era Confúcio, um dos fundadores da ética de reciprocidade que diz: “não faças aos outros o que não queres que façam a ti”.

Veja o vídeo abaixo e entenda um pouco mais sobre tudo isso que eu estou falando, vale a pena:

Caso você tenha alguma duvida com relação ao seu caminhão, principalmente o baú, dê uma checada na nossa categoria de dicas do “Homem do Baú”.

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.