4TRUCK

Na última semana, a Polícia Rodoviária Federal e o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) realizaram a ‘Operação Atmosfera’, destinada à fiscalização de veículos quanto ao uso do Arla 32. Considerada uma operação piloto, a inspeção ocorreu nas cidades de São José do Rio Preto (Rodovia Transbrasiliana – BR-153), Itapecerica da Serra (Régis Bittencourt – SP-230) e Guarulhos (Via Dutra – SP-60).

Utilizado em veículos de carga com sistema SCR (Catalisadores de Redução Seletiva), o ARLA 32 é um reagente químico à base de ureia, necessário para atender a fase P7 do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (PROCONVE) regulamentado pelo CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente, que tem como objetivo reduzir a emissão de poluentes na atmosfera.

Para a realização da operação, a AFEEVAS (Associação dos Fabricantes de Equipamentos para Controle de Emissões Veiculares da América do Sul) e o SINDICOM (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes) também deram apoio à Polícia Rodoviária Federal, inclusive doando refratômetros que possibilitaram uma melhor fiscalização do reagente.

Números da Operação Atmosfera

Nos quatro dias de operação foram fiscalizados um total de 250 veículos e emitidos 18 autos de infração ambiental por causar poluição, totalizando cerca de R$ 60.000,00; 22 boletins de ocorrência policial de transporte de produtos perigosos; 38 multas por alteração de características originais do veículo, totalizando cerca de R$ 5.000,00; e 18 autos de Infração por transporte irregular de Produtos Perigosos, totalizando cerca de R$ 27.000,00. Também foram apreendidos 17 caminhões e 34 toneladas de alimento sendo transportado em tanque destinado ao transporte de produtos perigosos.

FONTE: Na Boléia

Postado por: 4Truck Implementos Rodoviários | www.4truck.com.br