Quando o assunto é o setor de beleza o Brasil é uma potência que move cifras bilionárias anualmente.

Ao longo de 20 anos, o mercado de higiene, perfumaria e cosméticos cresceu mais de 10% ao ano, uma consistência difícil de ser encontrada em outras áreas.

Passou de 4,9 bilhões, em 1996, para 42,6 bilhões de faturamento, em 2015, como podemos analisar no panorama de 2016 da ABIHPEC, Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos.

Já segundo dados do panorama de 2017, o faturamento de 2016 foi de R$ 45 bilhões.

Apesar de estar abaixo do ideal, já demostra uma queda menor que a do ano anterior. Ou seja, a expectativa é de retorno do crescimento. E a previsão, ainda para este ano, é de 7,5%.

Como resultado, o país se tornou o primeiro do mundo em perfumaria, o segundo em cuidados com o cabelo e terceiro em cosméticos, como podemos ver no relatório Pluri Consultoria, divulgado em 2016.

E quem vem acompanhando as oportunidades de negócio percebe que a tendência à especialização é uma realidade.

Os consumidores já não se contentam com generalistas e procuram aqueles que ampliam suas possibilidades em determinado serviço.

Esses são fatos que devem ser observados com carinho por aqueles que desejam empreender e até mesmo arriscar no setor de beleza, como desenvolver uma esmalteria móvel, por exemplo.

Esmalteria móvel: um negócio para chamar de seu

Além da qualidade, esse tipo de estabelecimento se diferencia por oferecer opções de produtos e serviços que vão além dos encontrados em manicures e salões de beleza tradicionais.

Somados ao grande problema moderno das grandes cidades, que é a falta de tempo e de disponibilidade de locomoção para lugares distantes, o conceito de unidade móvel entra como um importante diferencial.

Uma esmalteria móvel permite atender um maior número de clientes se posicionando em locais estratégicos, inclusive cada dia estar em um local diferente.

É possível levar o serviço a grandes pontes de passagem ou mesmo em bairros onde não haja esse tipo de opção aos moradores.

Você pode, ainda, participar de eventos e atender empresas com maior facilidade, pode estar em frente a hotéis, condomínios, parques etc.

Basta dirigir a unidade móvel, que já conta com toda estrutura e materiais necessários para um bom atendimento, e pronto!

Esse diferencial chamado mobilidade é capaz de promover a marca em locais variados e conquistar clientes em potencial alternando o público de acordo com os pontos escolhidos.

Dessa forma se torna mais uma possibilidade de posicionar o empreendimento sem perder a sua essência.

Apenas o formato modifica, porém a qualidade da oferta e sua conveniência – que são características-chaves do varejo –, são mantidas.

Para alcançar o sucesso como empreendedor, saber identificar as oportunidades de bons negócios é fundamental.

Existe muito espaço para quem deseja ter seu negócio nesse formato, mas é importante avaliar todas questões de forma a agregar apenas os pontos positivos dele. A principal recomendação é ter um plano de negócios bem definido.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais informações e dicas sobre unidades móveis.

Até a próxima!

Postado por: Osmar Oliveira – 4Truck | www.4truck.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.