4TRUCK

4truck-customizados-portifolio-servicos-pintura-baus-iveco-daily-35s14-4

Diferentes-estradas,-diferentes-maneiras-de-dirigir-seu-caminhão

Historicamente, o Brasil apostou no modal rodoviário como principal meio para o transporte, seja de pessoas ou cargas.

Como resultado, contamos hoje com uma extensa malha rodoviária que corta o país de norte a sul com excelente capilaridade, porém longe da homogeneidade.

Para cumprir suas viagens com segurança, o caminhoneiro precisa se atentar às diferenças adotando diferentes maneiras de dirigir o caminhão.

Maneiras de dirigir o caminhão em diferentes vias

As diferentes condições das vias afetam diretamente os veículos e o baú do caminhão que transporta a carga.

O caminhoneiro, assim, é exigido de diferentes formas para atravessar os trechos sem riscos de quebras e tombamentos.

Confira nossas 5 dicas abaixo e enfrente as estradas e rodovias brasileiras com toda segurança.

  1. Vias pavimentadas de mão única 

As vias pavimentadas de mão única e em excelente estado de conservação infelizmente são a minoria de nossa malha rodoviária.

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Transportes, em 2015, apenas 12,2% de nossas rodovias eram pavimentadas.

Não é difícil imaginar que as de mão única com bom estado de conservação correspondem a um percentual ainda menor.

O caminhoneiro que tem a sorte de transitar por esses trechos, porém, precisam estar atentos à velocidade, para evitar acidentes e multas.

Entrar na curva com velocidade acima da recomendada é um convite para o tombamento do baú de caminhão.

  1. Vias pavimentadas com mãos duplas 

Enfrentar vias pavimentadas de mão dupla costuma ser um desafio que gera grande desgaste ao motorista.

Aqui, mais do que nunca, é preciso estar atento à movimentação dos demais motoristas, incluindo os do sentido contrário.

Muitos motoristas são imprudentes e realizem ultrapassagens sem as condições adequadas.

O respeito à velocidade limite, a distância do veículo à frente e os pontos de ultrapassagem são fundamentais nessas condições.

Em trechos com curva, a manutenção preventiva em dia de componentes, como suspensão, amortecedores e freios, faz-se necessária.

Nesses pontos, é preciso diminuir a velocidade constantemente, submetendo o caminhão a um alto estresse.

  1. Vias com serra 

Os cuidados expostos para vias de mão única ou dupla devem ser redobrados em trechos de serra.

A inclinação do terreno, combinada à presença de curvas, exige habilidades para evitar acidentes.

Nesses locais é comum avistar veículos com o baú de caminhão tombado.

Além dos cuidados na condução, é preciso que o sistema de arrefecimento, embreagem e as correias apresentem boas condições.

Também é válido conferir a amarração e condicionamento da carga no implemento antes de pegar estrada, para evitar que se solte durante o trajeto.

  1. Estradas de terra 

A grande maioria das estradas brasileiras é de terra. Ou seja, o caminhoneiro, em algum momento, irá enfrentar estradas de terra.

Essa é uma realidade presente principalmente para aqueles que trabalham no interior do país.

Nas estradas de terra, o motorista deve se atentar bem à composição do terreno.

Quanto mais solta a terra, menor será a aderência e capacidade de tração, o que dificulta, e muito, a condução do caminhão.

Antes de atravessar trechos com lama, verifique a existência de pedras e buracos que possam danificar o veículo.

Quanto menos peso carregar no furgão de caminhão, melhor para o sucesso de sua travessia.

Procure também manter uma velocidade adequada e constante, bem como evitar modificar repentinamente a trajetória.

  1. Vias esburacadas

As vias esburacadas, sejam asfaltadas ou não, são capazes de gerar uma série de danos.

Dentre eles:

  • Desgaste aos pneus;
  • Danos a componentes, como freio, alinhamento e à suspensão;
  • Baú de caminhão danificado;
  • Carga desprendida;
  • Carga danificada.

Tenha cuidado ao atravessar trechos com buraco, passe com cuidado e devagar para não correr esses riscos.

Priorize a rota já conhecida, mas evitar novos problemas. E calibre os pneus antes de iniciar qualquer viagem.

Tome os devidos cuidados e você será capaz de enfrentar qualquer desafio que se mostre à sua frente!

Gostou deste artigo? Não deixe de acompanhar nossas redes sociais e não perca nenhuma novidade de nosso blog.

Até a próxima!

Postado por: Osmar Oliveira – 4Truck | www.4truck.com.br