Infraestrutura

Você, que tem o interesse em trabalhar com transporte de cargas por meio de caminhões, já se perguntou quanto tempo leva para fazer um implemento rodoviário? Muitos profissionais que não são do setor ou são novatos neste mercado podem achar que basta adquirir o veículo na concessionária para começar a trabalhar. Mas não é bem assim. Após a compra do caminhão, é necessário implementá-lo, como na 4TRUCK. A partir do momento que o veículo chega à implementadora, há um prazo para produzir a unidade, que Continue

Será que ao adquirirem um implemento rodoviário, os empresários, frotistas e gestores da área de transportes, em geral, têm conhecimento sobre os fatores que mais influenciam nos valores de um baú de caminhão? Antes de começar a falar sobre a questão dos custos de uma unidade, é importante destacar que um bom implemento rodoviário precisa ter, ao menos, três características, além de um bom preço. O primeiro aspecto que considero significativo é em relação à resistência. O bom implemento precisa ser resistente para suportar o Continue

Você sabe qual o significado de implemento rodoviário? Se ainda não, vou explicar para você. Primeiramente, vamos começar separando as palavras. “Implemento” nada mais é do que um “complemento”. Ele, por sua vez, é acoplado a um caminhão. Ou seja, são os baús propriamente ditos, responsáveis por, especificamente, transportar as cargas. Por isso, também preciso esclarecer a você: ao ver um caminhão nas ruas, avenidas e estradas Brasil adentro, saiba que nem sempre ele foi assim. Ao comprar um veículo do tipo, ele virá, basicamente, apenas Continue

Mais leve, durável, sustentável e bonito que outros materiais, o alumínio é cada vez mais usado em caminhões. Se uma infinidade de produtos (como alimentos e bebidas) se vale dele nas embalagens para manter as características e chegar até os consumidores sem alterações de forma e sabor, o alumínio também “viaja” com essas mercadorias, seja nas carrocerias e furgões de caminhões, pelas ruas e estradas afora. Quem vê os “caminhões baú” em circulação talvez não se dê conta de que a maioria desses compartimentos tem Continue

Segundo a pesquisa de rodovias da Confederação Nacional do Transporte (CNT) de 2014, 62,1% das rodovias brasileiras avaliadas foram consideradas péssimas, ruins ou regulares, devido a comprometimentos nas características de geometria, sinalização e pavimentação da via. Por isso, todo cuidado com a buraqueira é pouco: os desgastes das pistas podem causar transtornos como o estouro do amortecedor, a quebra da mola de suspensão, além de acidentes. A professora Angelina Carvalho voltava do município de Serra Talhada pela BR-232, em Pernambuco, quando perdeu a calota de Continue