4TRUCK

Na sua opinião, o que é mais pesado: um baú de alumínio ou um baú lonado? Lembrando que: o primeiro é feito basicamente em alumínio, material muito leve em comparação ao aço, e o outro, como o próprio nome já diz, é feito em lona.

Valendo…!

Se você respondeu que o baú lonado é mais leve do que o baú de alumínio, sinto informar… Ele não é! Eu explico os motivos a seguir:

Para começar, cada fabricante de implemento possui projetos diferentes. Logo, um pode pesar mais que outros de acordo com que o oferecem. Contudo, normalmente, o baú lonado pesa mais do que o baú de alumínio. Isso porque ele tem um painel frontal e um painel traseiro em aço. Além disso, para dar sustentação às lonas laterais, é usado um trilho de alumínio bastante pesado.

Já o teto tem outra peculiaridade: normalmente, também tem estrutura feita em aço. Já a caixa de carga do baú de alumínio (perfis e chapas) tem um peso específico, que é de 1/3 do peso do aço.

Outro ponto importante é que o baú lonado tem o piso, geralmente, em chapa de aço xadrez e um piso deste tipo, de 1/8 – que normalmente equipa os baús lonados da série leve -, pesa 26 quilos por m². Já o piso de 3/16” de espessura, que equipa os veículos de linha pesada, tem 42 quilos por m².

Então, quando comparado um baú de alumínio com piso em aço e um baú lonado com piso em aço, o primeiro pesa, aproximadamente, entre 15% a 20% a mais do que um baú de alumínio.

Agora se o baú de alumínio é feito com piso em compensado naval, que é madeira e que pesa entre 10 quilos a 12 quilos por m², ele fica mais leve ainda. Para se ter uma ideia, um baú lonado de 8,5 metros de comprimento irá pesar 2.400 quilos, enquanto que um baú com piso em madeira poderá variar entre 1.850 quilos a 1.900 quilos, uma diferença de 20% a 30%.

De todo o modo, é importante fazer uma boa avaliação sobre qual é o melhor implemento para a sua carga, além de procurar uma empresa especializada e homologada, que poderá dar todo o suporte e informação necessária no processo de implementação do seu veículo, como a 4TRUCK.

Ficou com dúvidas ou possui sugestões? Deixe um comentário.

Até a próxima! 

 

Osmar Oliveira

CEO – 4TRUCK Soluções Sobre Rodas