A pandemia de Coronavírus casou grande impacto nos mais diversos setores e no de caminhões e implementos rodoviários não foi diferente. As fábricas ficaram paradas por um período considerável, impactando a fabricação de novas unidades. Em julho, o setor deu o primeiro suspiro desde o início da crise.

Caminhões – Vendas crescendo

No sétimo mês do ano, foram emplacadas 6.8 mil unidades no País, sendo um número 22,3% maior do que o comparado ao mês anterior. Os dados são otimistas, principalmente considerando o ano atípico pelo qual estamos passando e levando em conta o fato de que as fábricas ficaram fechadas ou parcialmente abertas entre março e início de maio.

Em comparação ao ano passado, no acumulado até agora [botão] o resultado é 37,3% menor do que no mesmo período de 2019, segundo a Fenabrave . A retomada de crescimento também mostra que, agora que as fábricas estão funcionando, é possível cobrir as demandas de vendas. O esperado é que até o fim do ano o ritmo continue evoluindo.

Boas notícias para os implementos rodoviários

O setor de implementos rodoviários também foi atingido pela crise. Ele chegou a ter uma queda de 20% nos primeiros cinco meses na comparação com igual período do ano passado. No mês de julho, já tinham sido entregues 61.850 unidades ante 67.417 do mesmo período do ano passado.

A Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (ANFIR) analisou que houve queda, mas em comparação a situação atual os números são positivos e a retomada está sendo feita de forma gradual, mas consciente. Ainda avalia que, se a curva de vendas continuar crescendo, a retração do setor será de 10% em relação ao ano passado. Aqui na 4TRUCK nós continuamos a todo vapor com a implementação de camionetes e de uma ampla gama dos leves.

Não deixe para depois e marque a sua visita com a gente ainda hoje.

Vamos juntos fazer o setor voltar a crescer com tudo!

Faça seu orçamento!

Até a próxima!

Osmar Oliveira
CEO – 4TRUCK Soluções Sobre Rodas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.