4TRUCK

4 Pequenos descuidos, grandes acidentes

Os caminhoneiros, que passam o dia atrás dos volantes, cumprem um papel central na prevenção de acidentes com o caminhão.

Além de obedecer à legislação, ele deve também se atentar para não deixar pequenos descuidos atrapalharem sua viagem.

Abaixo, listamos 5 causas de acidentes que podem ser evitadas com manutenção preventiva, tanto do caminhão quanto do baú.

5 descuidos que causam acidentes com o caminhão 

  1. Rodar com pneus desgastados 

Sabemos que o custo com pneus é alto, com patível com o gasto em combustível e manutenções em geral.

Mas é um item importante para manter a segurança do motorista nas estradas. E economizar com esse componente pode ser perigoso.

Os pneus desgastados ou fora de condições de uso têm sua aderência com a pista comprometida, tornando a condução instável.

Além de favorecer acidentes, esse descuido pode render em multa grave (5 pontos na carteira e R$ 195,23)  e retenção do veículo para regularização.

Segundo o artigo 230, do Código de Trânsito Brasileiro, é proibido um veículo transitar “em mau estado de conservação, comprometendo a segurança, ou reprovado na avaliação de inspeção de segurança e de emissão de poluentes e ruído, prevista no art. 104”.

  1. Não cuidar da amarração da carga 

O tombamento de cargas na pista tem um alto potencial de gravidade e grandes prejuízos.

Muitas vezes, esse tipo de acidente com o caminhão ocorre por descuidos na amarração e acondicionamento da carga.

Os volumes transportados no implemento rodoviário sofrem uma série de impactos na movimentação do veículo.

Toda vez que o motorista acelera, freia, enfrenta aclives, declives e curvas, pode ocorrer.

E se ela não estiver bem amarrada ou com cordas corroídas, tende a se soltar.

No caso das carretas abertas, há ainda o risco dos volumes serem lançados à pista, o que pode atingir outros veículos e causar um acidente ainda mais grave.

Já no baú de caminhão fechado, a instabilidade da carga muda o ponto de gravidade, e isso favorece tombamentos.

  1. Não equilibrar a carga corretamente no baú de caminhão 

Além da amarração, é preciso também que as cargas seja acondicionadas no implemento de forma correta, de modo que o peso dos volumes fiquem equilibrados e o baú de caminhão estável.

Do contrário, o veículo pode perder a estabilidade especialmente em curvas e causar inclusive seu tombamento.

  1. Não verificar o funcionamento das setas e luzes de freio 

A troca de lâmpadas utilizadas nas setas e luzes de freio do veículo são manutenções de baixíssimo custo.

Ainda assim é comum observamos nas rodovias caminhões que circulam com esses itens queimados.

Esse é um descuido que, além de acarretar em multa, é capaz de gerar gravíssimos acidentes, uma vez que as luzes de sinalização servem para alertar demais motoristas sobre nossas ações.

Uma conversão sem a seta é um convite para colisões. Da mesma forma, a ausência da luz de freio facilita acidentes na traseira e pode afetar o baú de caminhão e carga transportada.

  1. Não trocar a paleta do limpador de para-brisas 

O limpador de para-brisas é o típico item que só percebemos seu real estado quando precisamos utilizá-lo.

Durante as chuvas, a visibilidade do caminhoneiro fica comprometida. E se a paleta do limpador estiver desgastada, esse problema é agravado.

Sem enxergar corretamente o caminho à frente o caminhão, pode cair em um buraco, errar a entrada de curva, bater em outro veículo etc.

Antes de pegar a estrada, verifique também esse componente. Não acionar o limpador sob chuva também é uma infração grave com penalidade de multa.

Fique atento a todos esses detalhes, faça uma manutenção preventiva dos componentes de seu caminhão e tenha viagens tranquilas.

Gostou deste artigo? Acompanhe nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades de nosso blog.

Até a próxima!

Postado por: Osmar Oliveira – 4Truck | www.4truck.com.br